Rozário envia para Câmara Projeto que retira direitos de servidores municipais

A prefeita Rozário Ximenes (MDB) enviou à  Câmara Municipal um Projeto de Lei que retira direitos dos servidores municipais de Canindé. A nova proposta de Rozário Ximenes, faz parte do pacote de maldades anunciadas pelo Governo Municipal no início do ano de 2019.

O projeto que tramita no Poder Legislativo desde 6 de setembro modifica a Lei 1.190/1992 do Regime Jurídico Único do Servidor Público Municipal e revoga a Lei 2.213/2013.

A Lei 2.213/2013 permite concessão de horário especial para servidores portadores de deficiência física ou que tenham filhos portadores de necessidades especiais com a redução da carga horária semanal de trabalho em 50% sem prejuízo de renumeração integral.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé, Regina Lemos, e a Diretora de Comunicação, Aurenice Santiago, ao tomarem conhecimento dessa grave ameça de perda de direitos dos servidores do município de Canindé comentaram a gravidade da situação. Regina e Aurenice chamam a atenção dos servidores para que fiquem mobilizados e unidos para pressionar os vereadores de Canindé a votarem contra o projeto da prefeita que retira direitos dos servidores municipais.

Projeto que retira direitos dos servidores:

Artigos que serão modificados:

Lei que será revogada se o projeto for aprovado: